Vantagens de utilizar materiais EPS na construção

Vantagens de utilizar materiais EPS na construção

Paredes Betel em 04/10/2021

Começar uma obra, independente da sua proporção e finalidade, nunca é uma tarefa fácil. É preciso investir energia para arquitetar um bom planejamento, não apenas da obra, mas em relação aos seus gastos e objetivos. Essa obra realmente irá trazer conforto e segurança? E para obter essas duas coisas tão importantes, é realmente necessário um alto investimento?

Esse texto está aqui para te ajudar nesse momento! Apresentando uma das novas propostas que chegou ao mercado das construções civis e já está ganhando o coração de muitos por unir três pilares tão importantes: segurança, conforto e economia. É isso que estamos sempre buscando, principalmente quando falamos sobre a construção de uma residência, que servirá de lar por tantos e tantos anos. 

Essa novidade é o uso do EPS, popularmente conhecido no Brasil como Isopor. Saindo do carregamento de bebidas, para a estrutura da sua casa, essa matéria-prima pode te deixar em dúvida se realmente possui boas vantagens, então continue lendo e entenda melhor sobre o assunto! 

Construção mais rápida! 

A ansiedade de ter a sua casa própria e do jeito que você sonhou, pronta para iniciar todas as histórias que serão vividas, começa junto com a obra. Os prazos, no entanto, costumam ser longos, levando meses e dependendo da obra, até anos, em casos que utilizam a alvenaria comum. E é claro que, com mais tempo de construção, maiores são os gastos com mão-de-obra, materiais, água, e devido a sua complexidade, também maiores são os riscos de surgir problemas estruturais. 

Já no caso das construções que utilizam isopor, um material com fácil modelagem, recorte e aplicação, as obras costumam ocorrer pelo menos na metade do tempo. A sua aplicação ágil também permite que a mão-de-obra seja mais barata, além da economia com de até 70% de água. 

Outro fator que deixa a aplicação do isopor ainda mais fácil é a compatibilidade com diferentes outros materiais, como por exemplo o gesso. Isso também reduz o índice de acidentes em obras. 

Mais segurança 

Por ser utilizado em materiais considerados frágeis e de uso cotidiano, o isopor ainda levanta dúvidas sobre a sua segurança. Entre as dúvidas mais frequentes, está se uma parede feita com o material pode suportar o peso de prateleiras e quadros. Se era isso que te causava receio, pode ficar tranquilo! Paredes de isopor podem ser até 30% mais resistentes do que paredes de tijolo.

Segundo especialistas no uso do material, os sistemas construtivos com painéis de EPS seguram tranquilamente prateleiras e quadros, podendo suportar até bancadas de granito para a cozinha. Mas a sua resistência não para por aí: diferente das sustentações de alvenaria comuns, o isopor é ideal para regiões que sofrem com abalos sísmicos por possuir uma alta resistência à compressão, deformação e ao cisalhamento. Esse também é um dos principais fatores de ser utilizado na base de pontes e viadutos, ou em terrenos moles. 

Em relação aos demais acidentes, como incêndios, é importante ressaltar que o tipo de EPS utilizados em construções civis devem ser obrigatoriamente os do tipo F, pois possuem em sua composição um elemento que retarda a propagação das chamas, podendo ser classificados como auto extinguíveis. Quando expostos em temperaturas acima de 70°C, o derretimento começa a ocorrer, sem deixar, no entanto, resíduos que possam vir a alimentar o fogo. 

Mais economia

Como já destacado acima, uma construção que utiliza EPS acaba se beneficiando de inúmeras economias, que vão desde a mão-de-obra até os gastos com água e energia. Segundo especialistas, há uma redução de no mínimo 8% nos custos totais da obra caso o EPS seja utilizado, e a alta durabilidade do material também deve ser levada em consideração quando estamos debatendo sobre as economias geradas.

As economias, no entanto, não ocorrem apenas durante a construção, como dito acima, utilizar EPS na sua casa pode significar uma redução na conta de luz, isso porque essa tecnologia construtiva consegue manter a temperatura interna por mais tempo, reduzindo o uso de ar-condicionado, por exemplo.

Mais sustentabilidade

O EPS pode ser totalmente reciclado e é um material atóxico, portanto, não contamina a água, o solo ou os lençóis freáticos, e possui uma grande capacidade de reciclagem. No Brasil, cerca de 34,5 mil toneladas de poliestireno expandidos são reciclados anualmente. 

Outro fator que ajuda o meio ambiente é a fácil modelagem do EPS, que contribui para uma baixa de resíduos descartados após a obra, tendo em vista que os materiais são entregues sob medida. 


 

Para usufruir de todas essas vantagens na construção da sua casa, entre em contato com quem entende de EPS. A Paredes Betel está preparada para transformar o sonho de uma casa segura, confortável e econômica, em realidade. 

Whatsapp